O que move o mundo…

O homem está entre essas duas forças, na coluna do meio entre o amor e o ódio. Fazer e não fazer, construir e destruir: todos os sentimentos que brotam do ser humano. A definição de amor não é palpável; é complexa, abstrata e sensorial, mas, ao que se refere a vida humana, todos temos um conceito sobre o amor. Atração, lealdade, confiança e satisfação a dois. Quando gostamos de alguém ficamos felizes. Por que será? Não necessariamente pelo o que a pessoa vai fazer por nós, mas pelo o que nutrimos por ela. O amor não é somente o que sentimos pelo outro, mas devemos levar em conta o que o outro sente por nós, principalmente no seu imaginário.

Pense nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *